[ editar artigo]

CoronaLIVES: 3 dicas para fazer transmissões melhores

CoronaLIVES: 3 dicas para fazer transmissões melhores

Desde final de março toda e qualquer rede social que você abra, tem uma live acontecendo! Ótimo, mas se você for fazer uma live, ou contratar alguém para fazê-la para você, é importante prestar atenção nestes 3 pontos.

Vamos lá?

3 dicas para fazer lives melhores

1. Experimente primeiro

Se você não tem o costume de gravar vídeos, se não está familiarizado com sua imagem frente às câmeras, talvez começar com lives não seja uma boa estratégia. Um "ao vivo" exige uma dinâmica diferente e propõe desafios que vão além de um vídeo gravado. Para não pagar mico, experimente, como um exercício e um treino, gravar "como se fosse ao vivo" e imagine as situações mais inusitadas que podem acontecer. Isso vai te dar mais segurança e confiança quando de fato você resolver apertar o botão de transmitir.

2. Prepare-se

Comandar um conteúdo digital vai muito além de ser engraçadinho ou de falar bem. Envolve conhecimento e alinhamento de causa e propósito, visando fortalecer sua marca e criando confiança no seu consumidor. É imprescindível que você saiba o que quer falar, com quem vai falar e a mensagem que quer passar. Cuidado: a maioria das lives são um blá blá blá sem propósito e isso só afasta para sempre o seu seguidor.

3. Tenha jogo de cintura

Saber lidar com pessoas e situações inesperadas é algo que só alguém com jogo de cintura saberá fazer, afinal em um ao vivo tudo pode acontecer! Jamais seja deselegante ou grosseiro: educação acima de tudo! E, para se sair bem nos imprevistos, o humor será sempre seu maior aliado.

3, 2, 1... Ação!

Esse é o melhor momento para aprender, testar, errar e acertar! Vamos lá, prepare-se e perca o medo.

@silviafaro é apresentadora com mais de 20 anos de TV. Comanda desde 2010 o primeiro canal de maternidade do YouTube Brasil, o Mãe de Primeira Viagem. Sua grande paixão é fazer lives. ;-) 

 

#ClubedaInfluência
Ler conteúdo completo
Indicados para você