[ editar artigo]

E se o instagram acabar, creator?

E se o instagram acabar, creator?

 

"Hoje Mark Zuckerberg coloca ponto final em uma das suas maiores criações, o Instagram."

Eithaaaaa, já pensou acordar com essa notícia nos maiores veículos de comunicação? Se você é uma pessoa ansiosa e curiosa como eu, provavelmente em algum momento da sua vida já deve ter pensado, e se o Instagram acabar hoje, o que farei? Lá se foi por água abaixo a minha fonte de renda.

Oi gente, sou Pam Nascimento, atriz criadora de conteúdo e sim, sou essa pessoa que se pergunta constantemente se essa rede a qual nós nos desdobramos para sermos melhores a cada dia e que para muitos assim como eu, é a única fonte de renda, pode dar a loka e deixar todo mundo na mão.

Recentemente , o chefe da plataforma Adam Mosseri disse que a empresa está voltada para o entretenimento, e que o bonito, Instagram, não é mais um app de compartilhamento de fotos, mas sim, de vídeos/dancinhas (rs) assim como o Tiktok, isso formou uma burburinho enorme na internet, dividindo opiniões sobre o que é relevante ou não, cringe ou não. Afinal, não é todo mundo que se familiariza com vídeos e com os novos formatos e das novas redes ainda mais velozes que um dia fora o Instagram.

Mas a questão é, para nós que trabalhamos com marketing digital, será que vamos conseguir entregar uma boa publicidade com a era dos vídeos rápidos, trends, tags e etc? Fazendo a advogada o diabo (rs) acho que o formato não implica na qualidade da entrega, nós como mentes criativas teremos que nos virar, pensar e fazer o que sabemos fazer, acho que esse é o verdadeiro significado de criador não é mesmo?

Eu, particularmente, amo um desafio e amo inovação. Mais do mesmo me cansa, é chato, e aqui pra nós, uma publi de foto tem que ser a foto, né? Fotinha com celular na mão apontando para tela é bem 2004, ninguém merece, mesmo sendo isso que o cliente pede (acontece muito né?). Portanto, o que acho que merece mesmo nossa atenção e devemos pensar e repensar é que, independente do formato que vai melhor performar na plataforma, do algoritmo e das trends, é se devemos continuar dando TUDO QUE TEMOS para uma única rede. Nos deparamos agora com a necessidade de pensar em outras redes e outras maneiras de monetizar nosso trabalho, se somos bons em uma, podemos ser bons em qualquer outra.

Deixo aí o questionamento para a gente refletir juntes, e dar aquela sacudida na cachola sobre o que realmente importa, o futuro da nossa carreira. Afinal, essa rede que tanto amamos apresenta mais mudanças do que segurança. Então pensar na diversificação dos nossos produtos como: blog, podcast, livro, cursos, consultoria para marcas e menos biscoitos para Markinho, pode ser uma saída possível para esse presente de incertezas.

 

Cheiro!!

#ClubedaInfluência
PAM NASCIMENTO ♡
PAM NASCIMENTO ♡ Seguir

Atriz, criadora de conteúdo, apaixonada por arte e comunicação 🤎

Ler conteúdo completo
Indicados para você