[ editar artigo]

Lições que podemos aprender em BECOMING

Lições que podemos aprender em BECOMING

As vésperas de mais uma eleição americana o rapper Kanye West anunciou que pretende entrar na corrida presidencial dos Estados Unidos de 2020. Em sua conta do Twitter, Kanye escreveu: "Devemos cumprir a promessa da América confiando em Deus, unificando nossa visão e construindo nosso futuro. Estou concorrendo à presidência dos Estados Unidos." Mas, o que chamou mesmo a atenção do mundo foi que caso ele venha a vencer, obviamente, sua esposa se tornará a Primeira-dama e ela é a Kim Kardashian. O que vocês pensam sobre a Kim se tornar a nova dona e proprietária da Casa Branca?

Bem, o que não se pode negar é a determinação e posicionamento social dessa mulher, sua garra e tino para os negócios a torna um belo exemplo de Girl Boss. E se aliado ao seu poder de influência ela tomar como inspiração as virtudes da ex-primeiras damas, com certeza, também deixará um grande legado.

Por falar em legado… que tal relembrar um memorável, tal qual o legado da 44ª ex-primeira dama, Michelle Obama? Quer conhecer mais sobre esse exemplo de mulher, não apenas para as primeiras-damas americanas mas para todas as mulheres que querem erguer a cabeça e seguir adiante com seus planos e projetos de vida? Que quer enfrentar todas as críticas e imposições com firmeza mas sem perder a elegância? Então, eu te indico o documentário Minha História (Becomimg), disponível na Netflix, que mostra a turnê da autobiografia de Michelle Obama. Em sua obra ela narra histórias de sua família, os seus tempos da universidade Princeton e depois Harvard, o casamento com Barack, a depressão pós-parto e os momentos na Casa Branca, tudo isso somado aos desafios dessa jornada.

Em um período tão difícil como o atual, com tantas crises políticas, sociais e humanas que presenciamos, produções que inspiram e exaltam representatividade se tornam ainda mais necessárias. Becoming é uma dessas produções, ela é leve e simples mas também é um tapa na cara da sociedade racista e elitista.

Michelle supera os desafios impostos a ela, uma mulher preta, com muita maestria. Ela é uma mulher muito inspiradora mesmo e eu posso provar através das suas seguintes lições de vida ditas em Becoming:

1. Você não é invisível!

A invisibilidade vem de dentro, você não deve ser sentir invisível e assim o mundo te enxergará. "Eu nunca me senti invisível, e se eu não me sinto invisível, hoje, é porque meus pais sempre fizeram eu me sentir visível. Não veio das coisas que estava acontecendo no mundo, mas do que acontecia na minha mesa de jantar". Reconhecer nosso próprio valor, nossas raízes, nossa história de vida é importante para que possamos ser reconhecidos. Autoafirmação é um exercício árduo e lento mas é fortalecedor.

2. Você pode ter a profissão que quiser!

No ensino médio a orientadora educacional da sua escola disse que ela estava sonhando demais, que ela não tinha perfil para cursar uma grande universidade. Michelle não aceitou aquela limitação. "Senti aquilo como um soco no estômago mas não desisti". Michelle cursou faculdade de Sociologia, com especialização em estudos afro-americanos em Pricenton como almejava e ainda alçou voos maiores, seguindo sua carreira acadêmica de Direito em Harvard.

3. Você deve estar feliz e não esperar que te façam feliz!

O engajamento com seu parceiro romântico também representa um desafiou de autoconhecimento. "Não queira ser apenas um acessório dos sonhos de alguém, tenha seus próprios sonhos e compartilhe sonhos juntos". Michelle mostra que não há relacionamento perfeito mas você pode e deve buscar sua felicidade para que o relacionamento seja o melhor possível. Você deve controlar sua felicidade e não apenas esperar que o outro te faça feliz.

4. Você deve escolher seus caminhos no seu próprio ritmo!

Michelle mostra o quanto é maravilhoso que você queira ter seu próprio negócio, ter uma carreira bem-sucedida, mas tudo bem também se você quer se dedicar a criação dos seus filhos. Você pode caminhar em várias direções, começar caminhos novos ou recomeçar antigos mas tudo no seu tempo, tudo pode ser do seu jeito.

5. Você também é inspiração!

Você faz parte de uma comunidade, você representa um grupo e talvez nem imagine o quão importante você é. "você é espelho para outras pessoas". Michelle continua com seus projetos voltados aos jovens. Seja eles negros, imigrantes, indigenas e LGBTQIA+ todos devem saber que têm sua voz  e que eles sempre serão espelhos para alguém. Em resumo, Michelle quer dar voz às histórias que ela encontra nas ruas, porque elas também movem o mundo.

"Quero todas as garotas deste planeta tenham as mesmas oportunidades que tive para seguir sua educação e seus sonhos.”

Em tom sempre muito inspirador, Michelle busca incentivar o público a se esforçar em seguir seus sonhos, a manter uma vida escolar ou acadêmica porque é preciso sair das estatísticas e alcançar os objetivos. Becoming, apresenta um discurso positivo e de luta, sem dúvidas, uma aula, uma boa aula para a Kim e para todos nós, principalmente, em tempos tão sombrios como estes que estão afetando o mundo todo.


 

 

#ClubedaInfluência
Jade Emmylle Moura
Jade Emmylle Moura Seguir

Publicitária e mestre em Psicobiologia, sou pesquisadora da área de comportamento humano. Amante da Cultura Pop e do Universo Geek!

Ler conteúdo completo
Indicados para você