[ editar artigo]

Marketing de comunidade é o futuro da influência? Entenda mais sobre o conceito!

Marketing de comunidade é o futuro da influência? Entenda mais sobre o conceito!

O Marketing de Influência apesar de recente, tem passado por várias mudanças num rápido espaço de tempo no Brasil. 

Tudo começou com as “blogueiras” raízes que tinham de fato um blog e escreviam sobre seus gostos pessoais, viagens, estilo de vida dentre outros assuntos. 

Hoje os criadores de conteúdo e artistas viraram influenciadores digitais que se utilizam das suas comunidades para comunicar seus conteúdos e também disseminar as mensagens das marcas. 

Com essa evolução o conceito de Marketing de Comunidade tem ganhado cada vez mais destaque, dado que o número de seguidores deixou de ser relevante no que diz respeito ao poder de influência de um creator na internet. 

 

O  que é comunidade?

Quando falamos de comunidades, queremos dizer essencialmente sobre um grupo de pessoas que possuem interesses em comum.

Antigamente uma comunidade física, nada mais era do que um agrupamento de indivíduos que conviviam geograficamente próximos, compartilhavam práticas e costumes, ou seja, essa repetição de comportamentos era o que criava padrões que acabavam homogeneizando os perfis dos membros das comunidades.

No universo digital as comunidades ganharam outras proporções e ainda mais relevância, afinal, a formação de comunidades foi bastante facilitada pela internet. E a partir daí o conceito de comunidade passou a compreender também as pessoas que não necessariamente tinham muitos pontos em comum.

Passou a ser necessário ter apenas um espaço de diálogo e de compartilhamento. Quem não se lembra das saudosas comunidades no Orkut: “Eu Odeio Acordar Cedo” ou “Eu Rabisco a Borracha”, hein? 

Atualmente as comunidades podem ser encontradas nos grupos do Facebook, WhatsApp e Telegram. 

Mas afinal, o que é Marketing de Comunidade?

O conceito de Marketing de Comunidade é entendido hoje como uma vertente do marketing com objetivo de estreitar laços com as pessoas que já consomem determinado tipo de produtos ou serviço, em níveis diferentes de engajamento e interação.

Dessa forma é possível entender e mapear  suas necessidades, opiniões e impressões sobre a marca e, ao mesmo tempo, entregar valor para satisfazer os desejos dessas pessoas.

 

O marketing de influência é o futuro da influência? 

As marcas sabem da importância das comunidades dentro e fora da internet. Afinal, hoje as pessoas confiam muito mais nas opiniões umas das outras na hora de descobrir novos produtos ou serviços.

Por outro lado, existem creators que conseguem transformar seus seguidores em torno de  um propósito em comum, sejam pelos temas abordados em seus conteúdos, história de vida ou a forma como os conteúdos conseguem ajudar as pessoas. 

A creator economy sempre foi sobre criar comunidades, afinal de contas, ninguém é influente por acaso. Quando uma pessoa criadora de conteúdo consegue manter sua audiência com informações que fazem sentido para elas, no momento em que elas precisam, eles criam comunidades fortes. 

No ambiente digital, as comunidades são um excelente lugar para troca de conhecimento, vivências e experiências por meio da produção de conteúdo. Seja através de conteúdo nas principais redes sociais como Instagram, Youtube, Pinterest dentre outras, ou até mesmo em plataformas específicas para isso. 

As comunidades online são o lugar ideal para unir audiência, criadores  e marcas num ambiente seguro. Por isso, o conceito tem sido encarado como o futuro do Marketing de Influência, contudo ouso dizer que ele é o presente, visto que as comunidades crescem a cada ano e tem provado seu valor para as marcas. 

 

A importância do Marketing de Comunidade para criadores e marcas

Uma coisa é fato: o jeito de se produzir e consumir conteúdo mudou. E é por isso que os criadores que conseguem desenvolver uma relação genuína e verdadeira com sua audiência criar uma comunidade altamente engajada. 

Ao se aliar a essas conversas, as marcas passam a contar com criadores e audiências dispostas a compartilhara suas experiências e impressões sobre assuntos que se   ao propósito e valores dela. 

Quando falamos de Marketing de Comunidade é preciso ter atenção aos conceitos de  comunidade e audiência. Nem sempre influenciadores com milhares e milhões de seguidores possuem uma comunidade. 

É por isso que, cada vez mais, as marcas tem apostado nos nano e microinfluenciadores, que apesar de não possuírem muitos seguidores, contam com uma audiência disposta a interagir, trocar entre si e compartilhar suas vivências, gerando valor para os membros desta comunidade. 

O Marketing de Comunidade para marcas, também passa por propiciar espaços para mapear oportunidades de crescimento e de desenvolvimento, enquanto oferece suporte através do diálogo direto e transparente com essas pessoas. Ao mesmo tempo, ao se relacionar com as comunidades dos criadores as marcas conseguem reafirmar seus valores e  construir sua reputação de maneira orgânica. 

Quer saber mais sobre Marketing de Comunidade? A Squid tem a solução,  Squid Community. Neste link você encontra mais detalhes sobre as comunidades e como trabalhar com elas. 

Ah, aproveite para me seguir no Instagram e no Twitter também! É só buscar por @eugleidistone por lá. 😉🤎


 

#ClubedaInfluência
Gleidistone Silva | @eugleidistone
Gleidistone Silva | @eugleidistone Seguir

desenvolvo o posicionamento digital de marcas e influenciadores por meio do planejamento, produção e curadoria de conteúdo. publicitário que também é: um pouco designer, social media, copywriter, produtor, videomaker, pesquisador e rp. ;)

Ler conteúdo completo
Indicados para você