Atividades
  • Favoritos
  • Tags
  • Notificações
Nenhum artigo favorito

NFTs e os criadores de conteúdo: a relação e o impacto

NFTs e os criadores de conteúdo: a relação e o impacto
15
307
2

Desde o começo da pandemia de coronavírus, em 2020, a internet tem discutido muito sobre essa sigla e poucos realmente entendem o que ela significa ou qual seu impacto para o nosso futuro. 

Porém, com o crescimento desse mercado nos últimos anos e a aposta das grandes redes sociais nesse novo modelo de negócio, claro que não poderia deixar de trazer esse assunto aqui. Com a ajuda da nossa incrível equipe de especialistas, trouxe neste artigo um pouco mais sobre o que são as NFTs e como elas prometem impactar a realidade dos criadores de conteúdo.

Confira isso e muito mais agora!

Afinal, o que é NFT?

A sigla NFT é a abreviação do termo Non-Fungible Tokens, ou, em português, Tokens Não Fungíveis. E antes de entrarmos em mais detalhes sobre esse investimento digital, vale entendermos mais a fundo o que ele significa.

Dentro desse universo de dados compartilhados, um token é a representação de um objeto (físico ou não) que está armazenado dentro de uma blockchain (uma base de dados compartilhada, que irá registrar e validar todas as transações digitais dos seus ambientes). Tokens fungíveis são aqueles itens que podem ser trocados por outros que sejam da mesma espécie, qualidade e quantidade.

Portanto, quando falamos de NFTs estamos falando de bens únicos e insubstituíveis no ambiente digital. Ou seja, um item que nunca poderá ser trocado e que portanto tem um valor significativo no mercado, por ser original e exclusivo.

Esses objetos podem ser qualquer coisa e criados por qualquer pessoa dentro da internet. É mais comum vermos o trabalho de designers e desenvolvedores sendo comercializados nesse modelo, mas, dependendo de quem está vendendo, até um tweet pode ser uma NFT. O intuito é que o investidor que comprar aquela peça seja seu único dono e proprietário, permitindo que ele até a revenda por um preço maior.

O grande apelo das NFTs é a exclusividade. Você pode ter algumas unidades daquele item, mas o importante é que não sejam muitas ou que elas se diferenciam entre si. Mas, aqui, entra um outro ponto: o que isso muda para os criadores de conteúdo?

Mudanças da NFT para os creators

Como falei anteriormente, as NFTs têm crescido muito e consequentemente têm chamado a atenção das grandes empresas, entre elas as plataformas de produção de conteúdo.

Em muitos dos anúncios de novidades para os próximos anos, as principais redes sociais têm estudado a possibilidade de ampliar a remuneração para seus criadores através das NFTs. Ou seja, você criaria um conteúdo exclusivo e ele estaria à venda para os seguidores. O creator receberia o valor e pagaria um percentual da transação para a plataforma. Mas essa é apenas uma das possibilidades e ainda não é uma realidade.

O que alguns influenciadores maiores têm feito é criar suas próprias NFTs, como foi o caso do Whinderson Nunes e do Felipe Neto. Afinal, como comentei, qualquer um pode criar seu próprio token e começar a negociar dentro do mercado com os seus seguidores. A empresa Play9, inclusive, já desenvolveu um aplicativo que permite a artistas criarem suas NFTs sem custos adicionais, em uma tentativa de democratização do ambiente digital.

Porém, todo cuidado é pouco. Apesar das diversas oportunidades que essa tendência abre, ela não deixa de ser um investimento em ativos que está refém da flutuação do mercado. Por isso, antes de pensar em como construir seus próprios tokens, vale estudar a fundo o assunto

Esse artigo é apenas o pontapé inicial de uma pesquisa intensa e necessária. Descubra as vantagens e desvantagens desse modelo, entenda quais são os riscos associados a essa comercialização e como a bolsa de valores tem se comportado em relação às NFTs nos últimos meses. Quando tiver todas as informações, aí sim você pode começar a pensar em como aproveitar essa tendência.

Você já conhecia esse assunto ou já teve experiências com NFTs? Faça seu próprio artigo aqui no #ClubedaInfluência e nos conte a respeito!

Indicados para você