Atividades
  • Favoritos
  • Tags
  • Notificações
Nenhum artigo favorito

O que esperar do YouTube em 2022

O que esperar do YouTube em 2022
1
0
0

No começo de fevereiro de 2022, o CPO (Chief Product Officer - Diretor de Produtos) do YouTube, Neal Mohan, lançou a tão aguardada Carta de Novidades da plataforma para esse ano e nós estamos muito empolgados com o que vem por aí!

Você pode conferir o texto completo de Mohan aqui, mas nesse post vou trazer as principais novidades e como aproveitar essas tendências para impulsionar o seu canal. São 6 grandes atualizações listadas, tanto para criadores quanto para espectadores e parceiros, mas pode ser que ao longo do ano elas mudem ou ainda aumentem.

A evolução do YouTube Shorts

Com o sucesso dos vídeos mais curtos no último ano, o YouTube resolveu investir mais nesse produto agora em 2022. Então além de novos filtros e novas ferramentas de edição para esse tipo de vídeo, o criador de conteúdo também poderá responder comentários de maneira individual e criar uma interação maior com os seus seguidores.

E se você ainda não começou a pensar em novos conteúdos ou adaptar a sua produção para esse formato ainda, aqui vai mais um incentivo para fazer isso para ontem! A partir desse ano, os Shorts serão monetizados pelos espectadores através Super Chats ou compras direto do vídeo.

A mudança da estratégia para competir com o TikTok realmente está valendo apenas para a plataforma vermelha, então, criador, esse é o seu momento para incluir vídeos mais curtos na sua produção. Além do YouTube, você pode reaproveitar esse conteúdo no Instagram e no próprio app vizinho.

O crescimento das parcerias

Quem tem acompanhado as mudanças das redes sociais nesse momento pós-pandemia deve ter percebido que o Instagram lançou um novo recurso no qual dois perfis podem colaborar com a produção de um conteúdo e fazer a divulgação compartilhada.

Para não ficar para trás, o YouTube também está investindo em um recurso muito parecido: as lives colaborativas. A partir desse ano, dois canais poderão fazer uma transmissão ao vivo e divulgá-la em ambos os perfis. Dessa forma, os dois criadores conseguem apresentar seu trabalho para uma audiência maior e conquistar novos fãs.

Se você está começando agora ou nunca pensou em criar conteúdos de maneira colaborativa - as famosas collabs - não dá mais para perder tempo. Além de ser uma ótima maneira de ampliar seu alcance, isso também pode facilitar e muito no momento da produção. 

E justamente para ajudar você a encontrar novos parceiros na internet, temos aqui no #ClubedaInfluência um grupo dedicado para criadores publicarem projetos de Collabs e interagirem com outros perfis. Que tal começar por aqui?

O presente perfeito

E no meio desse mar de novidades, claro que o Clube dos Membros do Canal não poderia ficar de fora.

Um rápido contexto para quem está começando agora na internet: há alguns anos o YouTube lançou um recurso que permite que o espectador pague uma mensalidade para receber conteúdos exclusivos de um determinado canal. O valor e os prêmios atrelados a esse pagamento podem variar conforme a decisão do criador, mas a maioria fica no valor de R$ 7,99 por mês.

A grande novidade para 2022 é que agora você pode contratar uma assinatura dos membros para dar de presente para aquele seu amigo que é super fã ou ainda para sua família.

E como isso me impacta?, você deve estar se perguntando agora. Bom, ter esse incentivo extra para monetizar seu conteúdo também pode inspirar - quem sabe - novos pacotes de assinatura ou ainda adicionais exclusivos para quem é um assinante presenteado.

Monetize de novas maneiras

Falei bastante sobre as novidades que podem aumentar a monetização do seu canal, mas Mohan guardou um espaço especial para esse tópico na sua carta. 

Além das maneiras que já conhecemos, em 2022 devem começar os primeiros testes de remuneração com NFTs e blockchains. É isso mesmo. Se o modelo for sustentável, os criadores poderão vender seus conteúdos exclusivos para um determinado número de seguidores.

Ainda vamos explorar o assunto de NFTs para criadores de conteúdo aqui no #ClubedaInfluência, mas achei bacana já trazer essa provocação. Pensar em materiais feitos exclusivamente para a venda de fãs é uma das grandes tendências para os próximos anos e o YouTube está dando o primeiro passo nesse novo caminho.

Um universo para chamar de meu

E falando do futuro do mercado de influência, claro que não poderíamos deixar de lado - e o YouTube também não - as experiências imersivas. Desde que Mark Zuckerberg trouxe à tona o assunto do Metaverso, todas as plataformas têm pensado em novas maneiras de investir nesse universo expandido.

E claro que o Google não ia ficar de fora.

Algumas ações já começaram a rodar, como a possibilidade de criar diretrizes nos comentários de um determinado vídeo, novos insights disponíveis no YouTube Studio com base também no algoritmo do Google, e o investimento na otimização do produto para televisão. Porém, Mohan promete que tem muito mais vindo por aí.

Por isso, é de extrema importância que você enquanto creator pense muito bem em maneiras de tornar seu conteúdo cada vez mais interativo. Mais do que uma foto, um vídeo ou um texto, ele precisa ser uma experiência que possa ser aproveitada no seu próprio universo.

YouTube Shopping

Para fechar com chave de ouro essa lista de tendências para esse ano, vamos falar do YouTube Shopping. O CPO comenta na carta que depois de vários testes bem sucedidos no final do ano, principalmente nos Estados Unidos com o Holiday Stream and Shop, um dos focos em 2022 é desenvolver a plataforma para a vendas diretas.

Através desse recurso, os espectadores poderão comprar diretamente no marketplace o produto que o influenciador está divulgando no vídeo ao vivo. Ou seja, se você for um criador de conteúdo com uma parceria com uma grande marca, poderá agregar ainda mais valor para o seu vídeo ao permitir que seus fãs comprem ou garantam uma oferta diretamente no site do seu parceiro sem precisar sair do YouTube.

Apesar de ser um recurso ainda em teste e sem muitas promessas de chegar no Brasil logo, vale a pena ter isso no radar no momento de escolher potenciais marcas para fechar novas parcerias em 2022.

Encontre os parceiros certos

Agora que você sabe como impulsionar o seu canal no YouTube em 2022, que tal fechar mais parcerias com as maiores marcas do mercado?

Ao criar seu perfil na Squid e vincular seu canal, você terá a oportunidade de participar das principais campanhas do mercado. Acesse www.squidit.com.br e comece a transformar seu perfil hoje mesmo.

Indicados para você