Atividades
  • Favoritos
  • Tags
  • Notificações
Nenhum artigo favorito

O que realmente buscamos ver nas redes sociais?

O que realmente buscamos ver nas redes sociais?
andreiaaflima
andreiaaflima jun. 30 - 3 min de leitura
1
1
0

Falar de forma tão global é sempre complicado. Porque posso não representar, aqui, muita gente. Mas, falarei com base em minhas experiências, as que hoje tenho no meu Instagram e em outras redes sociais. 

Acredito que, acima de tudo, as pessoas querem ver a realidade e, de certa forma, uma verdade que, para elas, tenha contato com o que elas pensam. Portanto, não são suficientes somente as fotos publicadas, mas, também, o que falamos e, sobretudo, a forma como agimos. 

Estamos vivendo em dias terríveis e a nossa certeza, e esperança é de que tudo isso vai passar. Sim, o cenário atual nos envolve em muitas incertezas e questionamentos. Isso tem colocado as nossas crenças, nossa fé e os nossos relacionamentos à prova. A covid-19 realmente mexeu com o mundo. Tanto com o mundo de fora, quanto com o mundo subjetivo, o das pessoas. 

Paramos! Sairemos de tudo isso os mesmos? Difícil oferecer uma resposta definitiva. Mas eu acredito no poder da informação e no poder da influência. Então, sempre dou prioridade a conteúdos verdadeiros. É natural, no ser humano, deslumbrar-se com tudo que é bonito e que pode gerar poder aquisitivo, não só nas redes sociais. Não perder a vida real, em razão do tal deslumbramento, é um desafio. Talvez seja este deslumbramento que tenha gerado conteúdos desvinculados com a vida real.

Nesse momento, em que estamos todos em casa e ligados as mídias, a propagação de conteúdos tem sido muito maior, observa-se isso de forma diária. Porém, esta propagação tem gerado conteúdos muito bons, cheio de relevância para o viver diário das pessoas, e, também, conteúdos inúteis, sem relevância para a vidas das pessoas. 

Para quem me assiste, continuo levando meu conteúdo de moda, tenho focado, principalmente, em fomentar a nossa indústria, que conta com milhões de profissionais autônomos e que estão parados e sofrendo, neste tempo atual.

Quero enfatizar, nesse momento difícil e sempre, que o nosso maior bem são os seres humanos. Sem receio, esta bandeira vem contrariar as atitudes de algumas autoridades, que negam a necessidade de se ficar em casa, por um tempo, para logo voltarmos as atividades que estamos habituados.

Enquanto isso, usem a criatividade para trabalhar, cada vez mais, através das redes sociais. Assim, pode-se gerar empregos e aquecer a nossa economia. Acho que esse é o caminho e assim, acredito que venceremos! Todos nós, juntos!

Indicados para você