[ editar artigo]

Perfil profissional e pessoal no Instagram: é melhor separar ou manter junto?

Perfil profissional e pessoal no Instagram: é melhor separar ou manter junto?

Se você é criador de conteúdo e está em dúvida se deve ter uma conta profissional e pessoal no mesmo Instagram, fique tranquilo! A influenciadora Thaís Massa explica o melhor caminho para continuar a divulgação de produtos, mas sem comprometer os conteúdos pessoais

Chega um momento na vida de, quase todo(a) criador(a) de conteúdo, em que surge a dúvida: devo separar minhas contas no Instagram? Deixar uma só para postar conteúdos mais pessoais ou focar só no profissional? Segundo a influenciadora Thaís Damaso, sempre que você conseguir unir os conteúdos (pessoal e profissional) na mesma conta, melhor.

“Hoje em dia é difícil conquistar um seguidor. E conquistá-lo para te seguir em perfis diferentes é complicado”, explica.

Se você deseja ter um perfil onde ninguém veja as suas publicações, voltado só para seus amigos e posts pessoais, Thaís sugere que deixe ele fechado e não poste absolutamente nada sobre produtos, divulgação ou aquilo que deseja transformar em trabalho. 

“Eu, Thaís, não gosto muito de fazer essa divisão de contas, mesmo sabendo que funciona com várias pessoas. Agora, vou dar um exemplo pessoal: tenho o meu apartamento e poderia muito bem ter criado uma nova conta só para falar sobre ele. Mas, por que não criar uma série no meu IGTV para falar sobre isso e dividir essas informações com o público no meu próprio perfil?”, afirma. 

A influenciadora acredita que a divisão de perfil pode ser uma escolha complicada, visto que pode acabar “dividindo” a audiência. “Acredito que seja mais interessante ter o seu perfil profissional e pessoal integrados, até porque as pessoas começam a olhar o seu feed com mais conteúdo e muito mais completo” revela Thaís. 

E, quando pode ser interessante ter duas contas diferentes?
Quando era dona da loja Dvine, Thaís teve duas contas. Uma só da loja, onde ela produzia conteúdo sobre as roupas e afins, e outra profissional onde ela tinha mais liberdade para explorar outros assuntos. 

“Na minha conta profissional, por exemplo, eu até falava da loja, mas não focava todo o meu conteúdo em vendas, até porque eu tinha outros objetivos profissionais. Nesse caso, acho válido ter duas contas diferentes. Agora, se você deseja abordar um assunto que pode encaixar no seu perfil profissional, eu sugiro que você faça séries no IGTV. Aí, eu acho que o conteúdo vai ficar super integrado e muito mais completo para quem te acompanha", explica. 

No fim das contas, o importante é ter em mente o seu objetivo como influenciador e o seu campo de atuação.

Se o seu objetivo é conquistar um maior número de seguidores, então, dividir os perfis pode não ser uma boa ideia, já que será mais difícil alcançar a meta. O mesmo acontece com o conteúdo que você produz, se o seu público não vai se identificar, pense em outras saídas para produzi-lo. 

Gostou das dicas da Thaís Damaso? Confira o bate-papo na íntegra aqui:

*Fotos: Reprodução/ Instagram Thais Damaso 

#ClubedaInfluência
Maria Lúcia Zanutto
Maria Lúcia Zanutto Seguir

Analista de Marketing da Squid

Ler conteúdo completo
Indicados para você