[ editar artigo]

Que tipo de criador de conteúdo é você?

Que tipo de criador de conteúdo é você?

Reunimos os tipos de criadores de conteúdo mais comuns e suas características. Veja quais são eles, suas características principais e descubra com qual você mais se aproxima

Para uma produção de conteúdo com muita qualidade, os influenciadores digitais devem possuir um autoconhecimento aguçado, que deixe claro as características que devem ser exploradas e os pontos que podem ser melhorados em seu trabalho. Com esse conhecimento, o conteúdo pode ser mais criativo e eficiente, alcançando o público-alvo com uma comunicação mais assertiva.

Tendo isso em vista, separamos os oito perfis de criadores de conteúdo mais encontrados atualmente, para que, a partir de uma autoavaliação, seja possível entender seus pontos fracos e fortes e trabalhá-los da melhor maneira possível. Confira a seguir:


1. Professor

Seu principal objetivo é ajudar as pessoas a aprender e colocar em prática tudo o que elas precisam para executar o que está sendo ensinado. Ele tem muito conhecimento sobre determinado assunto e está disposto a compartilhá-lo com quem estiver interessado, focando em dividir informações relevantes.

Além do conhecimento, esse perfil possui didática e sabe transmitir as informações de forma clara e objetiva.

O ponto fraco desse tipo de influenciador é que ele, muitas vezes, não revela as razões para compartilhar seu conhecimento, o que pode afastar as pessoas, que precisam ser convencidas com fatos e números de que aquele conhecimento é válido. Por isso, é interessante que os “professores” também façam uso de dados e outras informações mais concretas, assim eles podem atrair uma fatia maior de público.

Provas de que você tem o perfil de um professor: 

  • Gosta de escrever artigos ou produzir conteúdos que sejam tutoriais.
  • A maioria do seu conteúdo ensina algo, normalmente iniciando com “como fazer”.
  • Adora criar stories ou posts com capturas de tela que ilustram o passo a passo de um procedimento

 


2. Informante

Como se utilizam de uma espécie de “informação privilegiada” de situações que vivem, os informantes, às vezes, podem se esquecer de que essas ocorrências podem não acontecer com todo mundo e da mesma forma. Os melhores perfis desse tipo têm isso em mente e conseguem adaptar a informação que possuem para outras situações, tornando o conhecimento mais útil e prático para um número maior de pessoas.

Esse perfil de criador de conteúdo revela o funcionamento de áreas específicas, mostrando os bastidores e seus segredos. Ele esclarece o que é confuso ou novo e explica o que significa. Além disso, também revela como usar as ferramentas de forma relevante e produtiva para quem quer aproveitá-las, entrar na área ou é apenas curioso. 

Provas de que você tem o perfil de um informante:

  • Trabalha em uma indústria que as pessoas têm interesse e querem fazer parte.
  • Recorre aos seus próprios dados para comprovar algo.
  • Compartilha o que a sua empresa está fazendo para provar um ponto.

 


3. Questionador

Com um espírito investigativo, questiona quem está em posição de poder ou de autoridade, para ver se o que oferecem é realmente verídico. O questionador também busca genuinamente conhecimento que não possui. Por sua postura, muitas vezes ele enfrenta situações difíceis que envolvem conflitos que a maioria de nós não encararia – o que pode causar um certo encantamento no público, além de trazer informações novas e provavelmente inesperadas.

Os questionadores devem tomar cuidado, porém, para não produzirem apenas conteúdos discordando ou tentando provar que estão “mais certos” – o que pode ser uma armadilha fácil de cair. É preciso prestar atenção se o conteúdo é original e fornece informações relevantes para o público, mais do que focar exclusivamente em materiais com uma fala negativa.

Provas de que você tem o perfil de um questionador:

  • A primeira reação com tudo é “isso é realmente verdade?”
  • Testa as informações que os outros dizem funcionar para ver se elas realmente funcionam. 
  • É a primeira fonte de pessoas que querem saber se algo é verídico ou não.

 


4. Especialista

Possui uma enorme quantidade de conhecimento sobre seu nicho, sendo a referência que o público procura quando busca por conselhos. A informação que ele tem é adquirida por meio da real experiência. Isso é o que garante sua autoridade e verdadeiro conhecimento sobre o assunto. O foco é praticar antes de divulgar algo.

Com um saber profundo, a visão do especialista pode fornecer informações valiosas que apenas alguém com muito contato com determinado assunto pode ter. Ele também pode ser o responsável por influenciar diretamente a tomada de decisão de seu público. No entanto, justamente por esse relacionamento extremo, esse perfil pode se cercar de outros especialistas e esquecer que sua audiência pode não ter todo esse conhecimento. É importante sempre cuidar da linguagem, verificando se ela está acessível para leigos e entregando um conteúdo claro e didático.

Provas de que você tem o perfil de um especialista:

  • Produz conteúdo para explicar ou corrigir alguma informação que veio até você. 
  • Consegue escrever artigos com mais de mil palavras sobre um tópico sem muita dificuldade. 
  • Outros produtores de conteúdo citam seu material como fonte de informação.

 


Leia também:

 


5. Novato

O novato acabou de entrar na área e está pronto para saber mais. Ele está começando e ansioso com tudo o que está aprendendo. Costuma falar sobre o processo de descoberta e assuntos relacionados ao que está sendo estudado. Esse perfil tem a capacidade de oferecer novas perspectivas para o tópico em questão, fazendo perguntas inusitadas e cobrindo pontos que podem ser esquecidos ou negligenciados por outros criadores de conteúdo. Por sua visão, ele também pode trazer um novo fôlego a assuntos que não são abordados com tanta frequência, mas ainda possuem relevância para o público. 

É um pouco difícil manter esse perfil porque, após um tempo, ele amadurece se acaba se aprofundando em algum assunto ou nicho, caminhando para um perfil mais especialista. 

Provas de que você tem o perfil de um novato:

  • Está sempre pesquisando sobre jargões e expressões técnicas que encontra nas leituras para saber o que significam.
  • O conteúdo que produz tende a falar sobre a sua trajetória, como começou, o que pretende alcançar, o processo de criação e suas descobertas.
  • Faz uma curadoria dos conteúdos que encontra para ajudar outros novatos da sua audiência.

 


6. Observador

Possui um olhar aguçado para análises e conclusões, agregando mais significado ao assunto escolhido. Com “olhos de lince”, nos fornece uma boa observação “de fora” da área tratada, mas sem a extrema profundidade do especialista, por exemplo. Seu objetivo é nos fazer pensar, sermos mais curiosos e procurarmos respostas por nós mesmos.

No entanto, se o observador não está atento a si mesmo, pode perder um pouco da profundidade e, consequentemente, sua relevância. Por estar sempre focado no que é externo, é comum que ele perca a perspectiva de si próprio. Cuidar da própria linguagem para que não se torne apenas mais um “crítico de internet” é crucial para manter sua relevância.

Provas de que você tem o perfil de um observador:

  • Normalmente escreve em primeira pessoa.
  • Seleciona, reformula e explica diferentes conteúdos para a audiência.
  • Apresenta novos tópicos e conceitos para o público.
  • O conteúdo normalmente é mais sucinto, com menos de mil palavras.

 


7. Vendedor

Tem muito conhecimento sobre determinado assunto, mas só libera essa informação aos poucos, de maneira muito controlada. Não revela integralmente o que sabe e, quando diz ou mostra, é para instigar o público. Esse é um perfil clássico  na área de vendas: sabe encantar, valorizar o seu produto e entregar o que a audiência quer (mesmo que não no ritmo que ela espera).

O vendedor sabe lucrar com o conhecimento que possui, especialmente se dominar as técnicas certas para isso. 

O mais difícil para esse perfil é entregar o esperado, caso não fique atento. Se não cumpridas, suas promessas podem causar decepção e certo afastamento do público, por conta da perda de confiança em sua fala.

Provas de que você tem o perfil de um vendedor:

  • Faz call to action no final do texto, de forma que o leitor tem que compartilhar alguma informação para concluir a leitura (como indicar o e-mail).
  • Usa palavras que indicam promessas e garantias.
  • Se pergunta com frequência: “como posso convencer meus seguidores a comprar um produto?”

 


8. Persuasivo

Sabe convencer de forma natural, dirigindo as decisões do público com relação ao nicho escolhido. Por causa de sua articulação e argumentação, geralmente possui um conteúdo poderoso e que sabe atrair a plateia pelo caminho desejado. O material desenvolvido por esse perfil comunica de forma clara e firme, de modo que as pessoas ouçam e respeitem as opiniões dadas.

Algo que pode acontecer com esse criador de conteúdo é uma tendência a tirar certas informações do contexto para que o seu argumento fique mais forte. É preciso estar atento para que isso não ocorra.

Provas de que você tem o perfil de um persuasivo:

  • Investe muito tempo pesquisando informações confiáveis e únicas.
  • Normalmente usa histórias e anedotas para trazer um senso de moral ao seu conteúdo.
  • O conteúdo começa com “Por que você deveria…” e termina com uma chamada incentivando os leitores a fazerem algo relacionado às novas informações compartilhadas.

Normalmente, criadores de conteúdo são uma combinação dos perfis acima, em maior ou menor quantidade. Isso é o que os torna únicos e interessantes. Cada influenciador possui o seu próprio mix de perfis e pode utilizá-lo da forma mais adequada, descobrindo seus pontos fortes e fracos e desenvolvendo-os para crescer e produzir melhor. 

Também é necessário adquirir traços dos outros perfis. Dessa forma, é possível criar uma comunicação mais equilibrada e interessante para o público. Para saber mais sobre influenciadores (e seus perfis), marketing de influência e comunidades acompanhe o nosso blog.

 

#ClubedaInfluência
Maria Lúcia Zanutto
Maria Lúcia Zanutto Seguir

Analista de Marketing da Squid

Ler conteúdo completo
Indicados para você