[ editar artigo]

YouTube: do 0 ao 100mil em 12 meses

YouTube: do 0 ao 100mil em 12 meses


Fala galera, tudo bem?
Assim como muitos de vocês o Instagram sempre foi minha ferramenta principal de trabalho. Porém, de alguns meses pra cá, resolvi me arriscar no YouTube, visando assim o aumento do meu engajamento no Instagram e, é claro, uma renda extra para a família.

Nesse post, vou compartilhar com vocês alguns “erros e acertos” que me levaram a atingir 100 mil inscritos no meu canal em um ano. 

Como eu já tinha um público e audiência formada no Instagram abordando paternidade e dia-a-dia, busquei levar algo parecido ao canal. Fiz uma pesquisa rápida em busca de alguns canais que abordavam temas familiares e alguns quadros no quais eu poderia extrair alguma inspiração. E assim surgiu o canal Família Aprendendo.

Bom, com a ideia e o nome do canal, eu só precisava criar né?!

Durante o primeiro mês, eu programei no lançamento uma maratona de vídeos todos os dias. Foram 31 vídeos na sequência, e isso me ajudou a alcançar, logo de início,todos os requisitos necessários para a monetização do canal (posso falar sobre monetização em um próximo post😉).

Dica importante: caso você queira iniciar um canal com uma maratona como essa, deixe ao menos 10 vídeos prontos antes do lançamento, pois assim você terá tempo para trabalhar com calma criando vídeos mais relevantes. 

Logo após essa maratona louca, eu tinha em mãos um mês inteiro de estatísticas e métricas do canal, assim consegui identificar dias e horários que meus vídeos eram mais visualizados.

Em cima disso, criei uma grade com vídeos novos 3x por semana com dia e horário exato. (ex: terça, quinta e domingo, às 11h). Esse é outro ponto importante para crescer no YouTube, PONTUALIDADE. 

Demorei cerca de 4 meses para atingir os primeiros 10 mil inscritos e, a partir daí, um dos meus vídeos que postei lá na maratona inicial, começou a ser recomendado pelo YouTube. Com isso, cresci cerca de 10 mil inscritos mensalmente, até chegar à tão sonhada marca de 100 milinscritos!

Caso você vá iniciar um canal agora, tenha em mente isso. O YouTube tem o hábito de recomendar seus vídeos antigos, portanto não desanime caso seus primeiros vídeos tenham visualizações baixas: se for um conteúdo legal,dentro de alguns meses, eles começarão a crescer naturalmente. Quanto maior o comprometimento e número de vídeos, maiores são as chances disso ocorrer.

Em resumo: crie, acredite, persista.

Espero que esse post tenha ajudado e motivado alguns de vocês, até a próxima!

#ClubedaInfluência
Família Aprendendo
Família Aprendendo Seguir

Ler conteúdo completo
Indicados para você